SÍNDROME DE BURNOUT X HOME OFFICE

Publicado por Felipe Nunes em 13 de julho de 2020

Com a pandemia ainda fazendo parte de nosso cotidiano, muitos ainda se encontram trabalhando de forma remota, mesmo com alguns pontos de flexibilização pelo país, este longo período pode acarretar consequências que comprometam a saúde mental de quem ainda se encontra nessa situação. Mas afinal, como lidar com a Síndrome de Burnout x Home Office?


  • Segundo o Isma-BR (International Stress Management Association) a Síndrome de Burnout chega a afetar 33 milhões de brasileiros.
  • Em 2019 a síndrome foi reconhecida pela OMS (Organização Mundial da Saúde) como uma doença.

À primeira vista o home office pode ser bom, porém, a modalidade tem suas imperfeições. Veja, nesta modalidade você tem uma sobrecarga de responsabilidades, afinal a cobrança em sua vida profissional continuará, talvez até vá aumentar, e isso se soma a rotina e funcionamento do seu lar, que por sua vez, também podem aumentar com sua presença constante, ou seja, é necessário reavaliar como lidamos com ambos, se você imaginasse um equilibrista de pratos, pense que antes você equilibrava talvez dois ou três pratos, e agora em casa, você tem que lidar com seis, oito ou mais pratos de uma vez.

Procurando soluções em lubrificação?

Por estes motivos, o Burnout pode ter se tornado uma realidade para muitos durante essa quarentena, talvez ele esteja batendo a sua porta.

Reconhecendo a Síndrome de Burnout!

O Burnout é caracterizado como um distúrbio de caráter depressivo, e junto no pacote temos um grande cansaço físico e mental, ainda mais para indivíduos que possuem uma cadência de trabalho intensa e estressante.

Além disso, caso você tenha Burnout também poderá sofrer com dores de cabeça, queda de cabelo, crises de choro, insônia, falta de apetite, taquicardia, pressão alta entre outros males, como uma possível evolução para um quaro de depressão e crises de ansiedade.


VEJA TAMBÉM:

Antifragilidade — um passo além da resiliência!

5 dicas para ter mais produtividade em home office

Mantendo a saúde mental em tempos de coronavírus


Seja em sua vida pessoal ou profissional, sempre existira uma carga sobre seus ombros, seja de aprovações ou reconhecimento.

O grande risco está quando esta situação migra de algo natural para um vício, você literalmente começa um processo de dependência e, quando a aprovação e o reconhecimento não vêm, o estresse aumenta cada vez mais.

Para não chegar a um estado crítico um dos macetes é cortar este mal pela raiz! Evite se cobrar para alcançar essa aprovação ou pelo reconhecimento, lembrando que são apenas necessidades emocionais.


Enfim, gostaria de dizer muito obrigado por acompanhar nosso conteúdo sobre Síndrome de Burnout x Home Office.

Convido você para curtir nossa página no Linkedin, fique por dentro de nossas novidades, conteúdos e muito mais, basta clicar no botão abaixo.

Se quiser saber mais sobre a Pizzani CLIQUE AQUI!

Publicado por

Compartilhe

Deixe seu comentário

Os campos com * são obrigatórios